Imprimir esta página

Serviço de Imuno-Alergologia

Informação Geral

Direção

Diretor: Prof. Doutor Manuel Barbosa

Coordenadora Geral: Dra. Elisa Pedro

 

Administradora Hospitalar: Dra. Susana Martins

Enfermeiras: Enf.ª Ortélia Dias e Enf.ª Dulce Neto

Secretária da Direção do Serviço: Sandra Olivença

 

Coordenadores de Sectores:

Consulta Externa de Imunoalergologia: Dra. Amélia Spínola Santos

Internamento de Imunoalergologia: Prof. Doutor Manuel Branco Ferreira

Hospital de Dia de Imunoalergologia: Dra. Joana Caiado

Coordenadores de Unidades:

Alergia Alimentar: Dra. Célia Costa

Alergia Alimentar Pediátrica: Dra. Célia Costa

Alergia a Insetos: Dra. Elisa Pedro

Alergia Medicamentosa: Dra. Anabela Lopes

Alergia Medicamentosa Pediátrica: Dra. Anabela Lopes

Alergologia na Gravidez: Dra. Elisa Pedro

Angioedema Hereditário: Dra. Amélia Spínola Santos

Asma Grave: Dra. Ana Mendes

Imunoalergologia de Ligação: Prof. Doutor Manuel Branco Ferreira

Imunodeficiência Primária: Profª. Doutora Susana Lopes da Silva

Imunoterapia com Alergénios: Dra. Amélia Spínola Santos

Investigação Clínica e Laboratorial (CHLN/FMUL):

Prof. Doutor Manuel Pereira Barbosa, e Profª. Doutora Conceição Pereira Santos

Técnicas de Imunoalergologia: Dra. Amélia Spínola Santos

Urticária: Dra. Célia Costa

Urgência de Imunoalergologia: Dra. Anabela Lopes

 

Contactos

Secretariado: Telef. 217 805 427

Email: sandra.olivençEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Consulta Externa: Telef. 217 805 000 seguido da opção 4

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Enfermaria (Medicina 2B): Telef. 217 805 051

Hospital de Dia de Imunoalergologia: Telf. 217 805 247

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 Unidade de Imunoterapia (vacinas de alergia): Telef. 968 600 060

 

Horário

Horário Funcionamento:

  • Consulta Externa de Imunoalergologia: 2ª a 6ª feira, das 8h às 20h;
  • Internamento de Imunoalergologia: 2ª a 6ª feira, das 8h às 14h 
  • Hospital de Dia de Imunoalergologia: 2ª a 6ª feira, das 8h às 20h

 

Localização

Direção e Secretariado da Direção do Serviço: piso 7 – Elevador 7, 18 ou 19;

Consulta Externa de Imunoalergologia: Centro de Ambulatório, Consulta Externa, piso 1;

Internamento: Serviço de Medicina 2, Sector B, piso 3, - Elevador 7,18 e 19;

Hospital de Dia de Imunoalergologia: Centro Ambulatório, piso 1;

Alergia Alimentar e Medicamentosa Pediátrica:

Consulta Externa de Pediatria, piso 1;

Hospital de Dia – Serviço de Pediatria, piso 1;

Laboratório de Imunologia Clínica

Edifício Egas Moniz, Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, piso 3

 

 

 

História do Serviço

A Consulta de Alergia Respiratória teve início na Clínica de Doenças Pulmonares do Hospital de Santa Maria em 1961, com o Professor Doutor Antero da Palma-Carlos.

Em 1965 foi criada a Unidade de Imunoalergologia integrada no Serviço de Propedêutica Médica (posteriormente Serviço de Medicina 3), dirigido pelo Professor Doutor Armando Ducla Soares.

O Internato da Especialidade de Imunoalergologia no Hospital de Santa Maria iniciou-se em 1987.

A partir de Outubro de 1999 a Unidade de Imunoalergologia passou a ter internamento autónomo, no Serviço de Medicina 3, sector D.

Em Março de 2000 foi criado o Hospital de Dia de Imunoalergologia, com autonomia administrativa a partir de Novembro do mesmo ano.

A partir de Julho de 2003 com a departamentação dos Serviços de Medicina a Unidade de Imunoalergologia passou a fazer parte do Serviço de Medicina 2, dirigido pelo Professor Doutor Rui Victorino.

Em Julho de 2006 passou a Serviço de Imunoalergologia autónomo, dirigido pelo Professor Doutor Manuel Pereira Barbosa, integrando o Departamento de Medicina.

Orientação Estratégica

Missão

  • Assistência de elevada qualidade. Acessibilidade e alta diferenciação nos cuidados prestados.
  • Humanização dos cuidados
  • Ensino pré e pós graduado.
  • Investigação.

 

Valores

O Serviço defende os mais elevados padrões éticos e científicos.

As boas práticas são a chave para uma assistência de qualidade.

 

Visão

A Imunoalergologia é uma especialidade altamente diferenciada e o Serviço/Clinica Universitária de Imunoalergologia pretende aprofundar e desenvolver o modelo clássico assistência/ ensino/ investigação.

Dado o aumento da incidência e prevalência das doenças imunoalérgicas é fundamental criar condições de desenvolvimento do modelo de centros de excelência.

Recursos Humanos

Recursos humanos do serviço

 

Carreira

 

Número

Médica

Assistentes Hospitalares Graduados Seniores

2

Assistentes Hospitalares Graduados

12

Assistentes Hospitalares

3

Internos da Especialidade

12

Outros Internos

variável

Enfermagem

 

*

Nutrição e Dietética

 

*

Secretariado

 

1

Administrativa

 

*

Assistente operacional

 

*

*Partilhado com outros serviços

 

Corpo Clínico

 

Identificação

Carreira

Amélia Spínola Santos

Assistente Hospitalar Graduada

Anabela Lopes

Assistente Hospitalar Graduada

Ana Margarete Mendes

Assistente Hospitalar Graduada

Célia Costa

Assistente Hospitalar Graduada

Elisa Pedro

Assistente Hospitalar Graduada Sénior

Estrella Alonso

Assistente Hospitalar Graduada

Francisca Carvalho (HPV)

Assistente Hospitalar Graduada

Joana Caiado

Assistente Hospitalar Graduada

Manuel Branco Ferreira

Assistente Hospitalar Graduado

Manuel Pereira Barbosa

Assistente Hospitalar Graduado Sénior

Margarida Cortez

Assistente Hospitalar Graduada

Marta Neto

Assistente Hospitalar Graduada

Susana Lopes da Silva

Assistente Hospitalar Graduada

Teresa Conde (HPV)

Assistente Hospitalar Graduada

Fátima Duarte

Assistente Hospitalar

Natália Fernandes

Assistente Hospitalar

Sara Silva

Assistente Hospitalar

Atividade Assistencial

Consulta Externa

Consultas das seguintes áreas

  • Alergia Alimentar
  • Alergia Alimentar Pediátrica
  • Alergia Medicamentosa
  • Alergia Medicamentosa Pediátrica
  • Alergologia na Gravidez
  • Asma Grave
  • Imunoalergologia Geral
  • Imunoalergologia de Ligação
  • Consulta a Tempo e Horas (CTH)
  • Urgência de Imunoalergologia
  • Urticária (8 horas /semana)
  • Sem Presença do Doente
  • Prescrição de Terapêutica Ambulatório

 

Técnicas de diagnóstico

  • Testes cutâneos em picada, intradérmicos e epicutâneos
  • Administração assistida de fármacos ou alimentos
  • Outros Testes: Cubo de gelo, Temp Test, Teste do calor, etc

 

Técnicas de Terapêutica

  • Administração subcutânea de imunoterapia com alergénios
  • Administração de terapêutica específica em situações de agudização da patologia ou em reações adversa à imunoterapia.

 

Internamento

  • Internamento de doentes com patologia do foro de Imunoalergologia
  • Apoio aos outros serviços do HSM-CHLN

 

Hospital Dia

 

Consulta das seguintes áreas

  • Alergia Alimentar
  • Alergia Alimentar Pediátrica
  • Alergia a Insectos
  • Alergia Medicamentosa
  • Alergia Medicamentosa Pediátrica
  • Asma Grave
  • Urticária (6 horas /semana)
  • Consulta de vigilância e eficácia de terapêutica
  • Imunoalergologia Geral
  • Imunodeficiência Primária do Adulto

 

Técnicas diagnósticas e terapêuticas aplicadas às diversas áreas

  1. Administração de imunoglobulina G humana endovenosa nas Imunodeficiências Primárias e outras; Ensino de administração de imunoglobulina G subcutânea;
  2. Administração de terapêutica biológica em doentes com asma grave, dermatite atópica grave e urticária crónica espontânea grave;
  3. Administração do concentrado de C1-inibidor em doentes com angioedema hereditário;
  4. Administração de imunoterapia com alergénios de elevado risco de reação adversa;
  5. Diagnóstico de alergia a veneno de himenópteros;
  6. Diagnóstico de hipersensibilidade medicamentosa com provas de provocação. Protocolos de dessensibilização/indução de tolerância a fármacos;
  7. Diagnóstico de hipersensibilidade alimentar com provas de provocação e indução de tolerância.

 

Atividade Formativa

Serviço de Imunoalergologia promove a formação, atualização e inovação do conhecimento médico. Na atividade formativa destaca-se:

  • Atividade formativa pré-graduada: colaboração regular no ensino das disciplinas de Medicina II e de opção de Imunologia Clínica.
  •  Opção de Imunoalergologia, Práticas Clínicas Tutoriais de Imunoalergologia. Colaboração em programas de intercâmbio.
  • Atividade formativa pós-graduada: formação de internos de formação específica de Imunoalergologia (cerca de 10 em permanência), formação de internos de Medicina Geral e Familiar, Pneumologia e Patologia Clínica. Formação de internos provenientes de outros países.
  • Actividade Formativa interna do Serviço: reuniões semanais para discussão de temas, protocolos de actuação, recomendações e projectos de investigação. Colabora em acções de formação organizadas pela Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica e outras Sociedades Científicas.
  • Atividade formativa para outros profissionais de saúde: Cursos de Enfermagem em Imunoalergologia.

 

Atividade de Investigação

O Serviço de Imunoalergologia/Clínica Universitária de Imunoalergologia, integra 4 doutorados da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL), sendo o atual Diretor do Serviço agregado e regente da cadeira de Imunoalergologia, da Clínica Universitária de Imunoalergologia desta mesma faculdade. No Laboratório de Imunologia Clínica da FMUL/IMM é coordenada a investigação científica laboratorial na área de Imunoalergologia.

As principais áreas de investigação científica do serviço são:

  • Alergia respiratória
  • Alergia a veneno de himenópteros
  • Alergia Alimentar
  • Alergia a fármacos
  • Angioedema hereditário
  • Eczema atópico
  • Urticária
  • Imunodeficiências Primárias no âmbito do Centro de Imunodeficiências Primárias do Centro Académico de Medicina de Lisboa.
  • Imunoterapia com alergénios

Publicações

Publicações em revistas nacionais e internacionais nos últimos 5 anos

 

2017

Giavina-Bianchi P, Galvão VR, Picard M, Caiado J, Castells MC. Basophil Activation Test is a Relevant Biomarker of the Outcome of Rapid Desensitization in Platinum Compounds-Allergy. J Allergy Clin Immunol Pract.2017;5:728-36

Farkas H, Martinez-Saguer I, Bork K, Bowen T, Craig T, Frank M, Germenis AE, Grumach AS, Luczay A, Varga L, Zanichelli A et al; HAWK. International consensus on the diagnosis and management of pediatric patients with hereditary angioedema with C1 inhibitor deficiency. Allergy. 2017;72:300-13

Almeida JP, Lopes A, Melo A, Pereira-Santos C, Babosa M. Selective hypersensitivity to cefazolin and contribution of the basophil activation test. Eur Ann Allergy Clin Immunol. 2017;49:84-7.

Alves Marcelino JL, Cardoso de Aguiar R, Cabral Duarte F, Célia Costa A, Pereira-Barbosa MA. Pediatric eosinophilic esophagitis in Portugal. Eur Ann Allergy Clin Immunol. 2017;49:66-74.

Aguiar R, Duarte FC, Mendes A, Bartolomé B, Barbosa MP. Anaphylaxis caused by honey– A case-report. Asia Pac Allergy 2017; 7:48-50.

Fonseca VR, Agua-Doce A, Maceiras AR, Pierson W, Ribeiro F, Romão VC, Pires AR, Silva SL, Fonseca JE, Sousa AE, Linterman MA, Graça L. Human blood T(fr) cells are indicators of ongoing humoral activity not fully licensed with suppressive function. Sci Immunol. 2017;2(14).

Silva SL, Albuquerque A, Amaral AJ, Li QZ, Mota C, Cheynier R, Victorino RMM,  Pereira Santos MC, Sousa AE. Autoimmunity and allergy control in adults submitted to complete thymectomy early in infancy. PLoS One. 2017;12(7).

Albuquerque AS, Fernandes SM, Tendeiro R, Cheynier R, Lucas M, Silva SL, Victorino RMM, Sousa AE. Major CD4 T-Cell Depletion and Immune Senescence in a Patient with Chronic Granulomatous Disease. Front Immunol. 2017;8:543.

Silva SL, Albuquerque AS, Matoso P, Charmeteau-de-Muylder B, Cheynier R, Ligeiro D, Abecasis M, Anjos R, Barata JT, Victorino RM, Sousa AE. IL-7-Induced Proliferation of Human Naive CD4 T-Cells Relies on Continued Thymic Activity. Front Immunol. 2017;8:20.

Aguiar R, Lopes A, Ornelas C, Ferreira R, Caiado J, Mendes A et al. Terapêutica inalatória: Técnicas de inalação e dispositivos inalatórios. Rev Port Imunoalergologia 2017;25:9-26.

Sangalho I, Pereira Barbosa M, Branco Ferreira M. Anafilaxia – 8 anos de internamentos no Serviço de Imunoalergologia do Centro Hospitalar de Lisboa Norte. Rev Port Imunoalergologia 2017; 25 (1): 27-38

Costa C, Gonçalo M, GPEU. Urticária em serviço de urgência: Recomendações para a abordagem diagnóstica e terapêutica. Carta ao Editor, Acta Med Port 2017; 30(4): 347-9

Chin A.L., Carvalho S., Duarte F.C, Barbosa M.P, Dermatite de Contacto aos Tiurans – a propósito de um caso clínico. Revista SPDV, 2017, 75(4): 391-94.

 

2016

Banerji A, Bas M, Bernstein JA, Boccon-Gibod I, Bova M, Dempster J, Grumach AS, Magerl M, Poarch K, Ferreira MB. Expert perspectives on hereditary angioedema: Key areas for advancements in care across the patient journey. Allergy Rhinol (Providence). 2016;7:172-81

Picard M, Pur L, Caiado J, Giavina-Bianchi P, Galvão VR, Berlin ST, Campos SM, Matulonis UA, Castells MC. Risk stratification and skin testing to guide re-exposure in taxane-induced hypersensitivity reactions. J Allergy Clin Immunol. 2016;137(4):1154-64

Rosado da Silva N, Aguiar R, Azurara L,Fernandes R, Lopes A, Neves M. DRESS Syndrome Secondary to Amoxicillin and Clavulanic Acid - A Pediatric Case Report. BAOJ Pediat 2016;2: 42:022.

Silva SL, Sousa AE. Establishment and Maintenance of the Human Naïve CD4+ T-Cell Compartment. Front Pediatr 2016;4: e119.

Silva SL, Albuquerque AS, Serra-Caetano A, Foxall RB, Pires AR, Matoso P, Fernandes SM, Ferreira J, Cheynier R, Victorino RM, Caramalho I, Barata JT, Sousa AE. (2016) Human naïve regulatory T-cells feature high steady-state turnover and are maintained by IL-7. Oncotarget 7:12163-75.

Costa AC, Leiria Pinto P, Apetato M, Andrade P, Guilherme A, Pinto Gouveia M, Travassos AR, Gonçalo M. Doente com Urticária crónica: diagnosticar e tratar melhor. Posgraduate Medicine 2016; 45: 47-54.

Costa AC, Campina S, Andrade P, Filipe P, Guilherme A, Gonçalo M. Urticária crónica – do diagnóstico ao tratamento. Revista SPDV 2016; 74: 315-25

Costa C, Gonçalo M, On behalf of GPEU – Grupo Português de Estudos de Urticária. Diagnostic and Therapeutic Approach of Chronic Spontaneous Urticaria: Recommendations in Portugal. Acta Med Port 2016; 29: 763-81.

Cosme J, Spínola Santos A, Pereira Barbosa M. A Tropomiosina como um panalergénio: revisão. Rev Port Imunoalergologia 2016; 24: 143‑53.

Amorim, F.Gamboa, M.Sucena, K.Cunha, M. Anciães, S. Lopes Silva, S. Pereira, R.D. Ferreira, P. Azevedo, J. Costeira, R. Monteiro, J.C. da Costa, S. Pires, C. Nunes. (2016) Recommendations for aetiological diagnosis of bronchiectasis. Rev Port Pneumol 2016;22:222-35.

Almeida JP, Lopes A, Pedro E, Pereira Barbosa M. Um caso de hipersensibilidade perioperatória a anti-inflamatório não esteróide. Rev Port Imunoalergologia 2016;24:227-33.

Almeida JP, Lopes A, Pereira Barbosa M. Hipersensibilidade a inibidores da bomba de protões – Um caso raro. Rev Port Imunoalergologia 2016; 24: 31-6.

 

2015

Silva PM, Costa AC, Mendes A, Barbosa MP. Long-term efficacy of omalizumab in seven patients with treatment-resistant chronic spontaneous urticaria. Allergol Immunopathol (Madr). 2015; 43:168-73. Eur Ann Allergy Clin Immunol 2015 Jan;47(1):15-9.

Morais Silva P, Costa AC, Lurdes Guerra M, Pereira-Barbosa M. Hypereosinophilic syndrome due to ETV6/PDGFR-beta gene translocation - a diagnostic and therapeutic challenge.

Caiado J, Castells M. Presentation and Diagnosis of Hypersensitivity to Platinum Drugs. Curr Allergy Asthma Rep. 2015;15: 15.

Bruno Soares J, Caiado J, Lopes A, Pereira Barbosa M. Allopurinol desensitization - fast or slow protocol? J Investig Allergol Clin Immunol 2015; 25: 295-7

Pereira Santos MC, Melo AC, Serra-Caetano A Caiado J, Mendes A, Pereira Barbosa M, Branco Ferreira M. Longitudinal study of the expression of FcεRI, IgE on basophils and dendritic cells in association with basophil function in two patients with severe allergic asthma treated with Omalizumab. Eur Ann Allergy Clin Immunol 2015;47:38-40.

Viegas LP, Silva SP, Silva SL, Campos Melo A, Serra-Caetano A, Branco-Ferreira M, Azevedo P, Pereira-Santos MC, Pereira-Barbosa M. Severe bronchiectasis in a patient with common variable immunodeficiency. Eur Ann Allergy Clin Immunol. 2015;47:95‑8.

Viegas LP, Lopes A, Campos-Melo A, Ferreira MB, Barbosa MP. Patent blue anaphylaxis: case report. J Allergy Clin Immunol Pract. 2015 ;3:112-3.

Caramalho I, Melo A, Pedro E, Barbosa MM, Victorino RM, Pereira Santos MC, Sousa AE.(2015). Bee venom enhances the differentiation of human regulatory T cells. Allergy;70(10):1340-5.

Cosme J, Spínola Santos A, Lopes A, Martinho A, Pereira Barbosa M. Angioedema hereditário com complemento normal: A importância do estudo genético na família. Rev Port Imunoalergologia 2015; 23: 175‑87.

Pestana L, Pedro E, Câmara R; Com gelo ou sem gelo? A propósito de um caso clínico, Rev Port Imunoalergologia 2015;23:181-5.

M Branco Ferreira. Imunoterapia com ácaros. Rev Port Imunoalergologia 2015;23:79-87

Mota I, Pereira AM, Pereira C, Tomaz E, Branco Ferreira M, Sabino F, Coelho A, Santos A, Martins H, Morais-Almeida M. Abordagem e registo da anafilaxia em Portugal. Acta Med Port 2015; 28:786-98

Costa AC, Melo A, Duarte F, Pereira‑Barbosa M, Pereira Santos MC. Eficácia e tolerância de Imunoterapia sublingual com Pru p 3 em doentes com alergia grave ao pêssego – evolução clínica e imunológica ao longo de 12 meses. Rev. Port Imunoalergologia 2015; 23:11-9

Costa AC, Melo A, Duarte F, Pereira‑Barbosa M, Pereira Santos MC. Imunoterapia sublingual com pêssego (Pru p 3) – Eficácia e segurança. Rev Port Imunoalergologia 2015;23: 211-22.

 

2014

Caiado J, Picard M. Diagnostic tools for hypersensitivity to platinum drugs and taxanes: skin testing, specific IgE, and mast cell/basophil mediators. Curr Allergy Asthma Rep. 2014; 14:451

Faria E, Rodrigues-Cernadas J, Gaspar A, Botelho C, Castro E, Lopes A, Gomes E, Malheiro D, Cadinha S, Campina-Costa S, Neto M, Sousa N, Rodrigues-Alves R, Romeira A, Caiado J, Morais-Almeida M; Portuguese Society of Allergology and Clinical Immunology; Drug Allergy Interest Group. Drug-induced anaphylaxis survey in Portuguese Allergy Departments. J Investig Allergol Clin Immunol. 2014;24:40-8.

Barbosa RR, Silva SL, Silva SP, Melo AC, Pereira-Santos MC, Barata JT, Hammarström L, Cascalho M, Sousa AE. Reduced BAFF-R and increased TACI expression in common variable immunodeficiency. J Clin Immunol 2014;34:573-83.

Cicardi M, Aberer W, Banerji A, Bas M, Bernstein JA, Bork K, e tal ; HAWK under the patronage of EAACI (European Academy of Allergy and Clinical Immunology). Classification, diagnosis, and approach to treatment for angioedema: consensus report from the Hereditary Angioedema International Working Group Allergy. 2014;69(5):602-16

Viegas LP, Ferreira MB, Kaplan AP. The maddening itch: an approach to chronic urticaria. J Investig Allergol Clin Immunol 2014;24:1-5

Viegas LP, Correia TE. Aditivos alimentares e cosméticos -importância clínica. Revista SPDV 2014;72:63-72

Morais Silva P, Mendes A, Costa AC,Pereira Barbosa M. Eficácia do tratamento com omalizumab na urticária crónica espontânea resistente à terapêutica habitual combinada. Revista SPDV 2014; 72: 271-5.

Almeida JP, Soares J, Lopes A, Pereira Barbosa M. Hipersensibilidade selectiva à cefazolina – Revisão de casos. Rev Port Imunoalergologia 2014;22:5-58

Bruno Soares J, Lopes A, Pereira Barbosa M. Eczema grave e alergia alimentar múltipla. Rev Port Imunoalergologia 2014;22(1):59-60

Bruno Soares J, Martins P, Loureiro V. Determinação da IgE específica para clara em crianças com alergia ao ovo (carta ao editor). Rev Port Imunoalergologia 2014;22(2)

Bruno Soares J, Anabela Lopes A, Pereira Barbosa M. Tatuagens temporárias – inofensivas? Rev Port Imunoalergologia 2014;22(3) : 227-9

Moscoso T, Campos Melo A, Neto M, Pereira Santos MC. Avaliação da expressão dos marcadores CD63 e/ou CD203c em basófilos e do seu contributo no diagnóstico de hipersensibilidade ao diclofenac. Rev Port Imunoalergologia 2014;22:195-205

 

2013

Caiado J, Venemalm L, Pereira-Santos MC, Costa L, Barbosa MP, Castells M.. Carboplatin, Oxaliplatin and Cisplatin specific IgE: Cross-reactivity and Value in the Diagnosis of Carboplatin and Oxaliplatin Allergy. J Allergy Clin Immunol: In Practice 2013;1: 494-500

Martinho A, Mendes J, Simoes O, Nunes R, Gomes J, Dias Castro E, Leiria Pinto P, Ferreira MB, Pereira C, Castel-Branco MG, Pais L. Mutations analysis of C1 inhibitor coding sequence gene among Portuguese patients with hereditary angioedema. Mol Immunol 2013;53:431-4

Ferreira MB, Viegas LP, Santos AS, Barbosa MP. Allergy shots: do patients feel pain or fear ? Allergologia et Immunopathologia (Madrid) 2013;41:273-5

Morais-Almeida M, Santos N, Pereira AM, Branco-Ferreira M, Nunes C, Bousquet J, Fonseca JA. Prevalence and classification of rhinitis in preschool children in Portugal: a nationwide study. Allergy 2013;68:1278-88

Pinto MV, Palha AM, Marques JG, da Silva SL, Lopes AI. (2013) Chronic Granulomatous Disease and Crohn's Disease Histopathological Distinctive Features: A Pediatric Study. J Gastroenterol Hepatol Research 2013;2: 863-67

Branco Ferreira M, Paulos Viegas L, Resende A, Machado C, Pereira Barbosa M. Imunoterapia específica subcutânea: Qual a persistência e adesão dos doentes na vida real? Rev Port Imunoalergologia 2013; 21:176-88

Geraldo Dias J, Mendes A, Pedro E, Pereira Barbosa M. Asma e eczema atópico numa criança: Tratamento eficaz com omalizumab. Rev Port Imunoalergologia 2013; 21:49-53

Dias JG, Silva SL, Luz S, Silva SP, Spínola Santos A, Pedro E, Pereira Santos MC, Pereira Barbosa M. Estudo comparativo de métodos de rastreio de atopia em doentes com rinite (ImmunoCAP ® Rapid versus Phadiatop ® e testes cutâneos em picada). Rev Port Imunoalergol 2013; 21: 41-7.

 

Publicações em Capítulos de Livros

 

2017

Caiado J. Diagnóstico de reações de hipersensibilidade em oncologia. In Reações de Hipersensibilidade em Oncologia. Joaquim A, Silva J, Cadinha S (ed). 2017 Merck, Algés: 37-42

Célia Costa, Helena Falcão. Alergia às Carnes. In Alergia Alimentar: Conceitos, Conselhos e Precauções. Célia Costa, Sara Prates, Isabel Carrapatoso (ed), 2017. 87-94. Cor Expressa - Design e Produções, Lda. Lisboa

Anabela Lopes, Natália Paris Fernandes. Alergia a frutos frescos. In Alergia Alimentar: Conceitos, Conselhos e Precauções. Célia Costa, Sara Prates, Isabel Carrapatoso (ed), 2017, 51-64. Cor Expressa - Design e Produções, Lda. Lisboa

 

2016

Profilaxis a corto plazo no Angioedema Hereditário. Branco Ferreira M. In Actualización en Angioedema Hereditário. M Branco Ferreira, T Caballero, M Guilarte (eds). 2016 EP Health Marketing SL, Madrid: 75-8

Diagnostico del Angioedema Hereditário en el Servicio de Urgencias. Spínola Santos A. In Actualización en Angioedema Hereditário. Branco Ferreira M, Caballero T, Guilarte M (eds). 2016 EP Health Marketing SL, Madrid: 46-8

Ataques agudos en Angioedema Hereditário. Lopes A. In Actualización en Angioedema Hereditário. Branco Ferreira M, Caballero T, Guilarte M (eds). 2016 EP Health Marketing SL, Madrid: 71-4

Dificultades del diagnóstico precoz, importância de las prueblas genéticas y del Servicio de Urgências. Spínola Santos A, Pereira C. In Actualización en Angioedema Hereditário. Branco Ferreira M, Caballero T, Guilarte M (eds). 2016 EP Health Marketing SL, Madrid: 53-9

Duarte Ferreira R, Branco Ferreira M. Asma e actividade sexual. In Asma. Ana Todo-Bom (ed). 2016 Lidel, Lisboa: 273-80

Spínola Santos A. Asma - Diagnóstico etiológico in vivo. In Asma. Ana Todo-Bom (ed). 2016 Lidel, Lisboa: 273-80

Pedro E, Margarete Mendes A. Asma – Tratamento de fundo e de crise. In Asma. Ana Todo-Bom (ed). 2016 Lidel, Lisboa: 273-80

Aguiar R. Anafilaxia ao azul patente: a propósito de um caso clínico. In Livro de Casos Clínicos do Centro Hospitalar Lisboa Norte (ed). 2016, Lisboa:29-32.

Cosme J, Lopes A, Spínola Santos A, Campos Melo A, Pereira Santos MC, Pereira Barbosa M. Anafilaxia perioperatória: a importância da investigação etiológica. In Livro de Casos Clínicos do Centro Hospitalar Lisboa Norte (ed). 2016, Lisboa: 33-9.

 

Publicação de Livro

Manuel Branco Ferreira, Manuel Pereira Barbosa (Eds.). Manual Imunoterapia com alergénios. 1ª ed. Lisboa: BialAristegui;2015.