Anestesiologia organiza com sucesso o 1º Curso de Intervenção em Dor no CAML

segunda-feira, 28 novembro 2022 11:28

A Clínica Universitária de Anestesiologia e Reanimação da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e a Unidade Multidisciplinar de Dor do serviço de Anestesiologia do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte realizaram no último fim de semana o 1º Curso de Intervenção em Dor no Centro Académico de Medicina de Lisboa, que contou ainda com a colaboração do Instituto de Anatomia da FMUL e do Serviço de Imagiologia do CHULN. Uma formação que será “uma mais valia na oferta formativa nesta área científica, hoje e no futuro”, destacam Mariano Veiga e João Galacho, especialistas do Serviço de Anestesiologia do CHULN que coordenaram o curso, que mereceu elogios dos participantes e das entidades que o apoiaram.

A Dor Crónica é uma importante causa de perda de qualidade de vida e sofrimento dos doentes, com elevado impacto na sociedade. A evolução da Medicina permite hoje uma abordagem integrada do doente com Dor Crónica, nomeadamente no diagnóstico, no tratamento e no acompanhamento, baseados no modelo biopsicossocial.

“As técnicas de Intervencionismo em Dor Crónica são ferramentas terapêuticas que permitem o controlo da dor de forma dirigida, individualizada, minimamente invasiva, indolor e praticamente isentas de efeitos secundários”, explicam os coordenadores do Curso de Intervenção em Dor. “A sua realização carece de diferenciação técnica e científica das Unidades de Dor, em particular dos seus profissionais”, condições que se reúnem no Centro Académico de Medicina de Lisboa, que alia a diferenciação clínica do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte à excelência académica da FMUL.

A Unidade Multidisciplinar de Dor do serviço de Anestesiologia do CHULN tem percorrido um caminho de diferenciação nesta área, nomeadamente em técnicas inovadoras como são a neuromodulação medular, neuromodulação de nervo periférico, crioneurólise, radiofrequência e epidurólise.