Gabinete do CHULN na origem de 160 transplantes no ano passado

quarta-feira, 20 julho 2022 10:45

O Gabinete Coordenador de Colheita e Transplantação (GCCT) do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte esteve, no ano passado, na origem de 160 transplantes que mudaram a vida a dezenas de doentes, como destaca a diretora do Gabinete, Idália Costa, neste Dia Nacional da Doação de Órgãos e da Transplantação. A equipa do GCCT do CHULN proporcionou durante o ano de 2021 uma nova esperança a vários doentes em lista de espera para transplantes de coração, de pulmões, pâncreas, fígado, rins, de córneas e válvulas cardíacas.

“Com a colaboração de todos, é possível perpetuar uma "pandemia" positiva capaz de suplantar todas as outras - a “pandemia” do altruísmo e da solidariedade. A doação de órgãos ocupa um lugar relevante, reconhecendo aos dadores o verdadeiro espirito da dádiva altruísta da Vida àqueles que dependem de um transplante”, sublinha Idália Costa.

O Hospital de Santa Maria realizou a primeira colheita de órgãos para transplante há mais de 20 anos, em 1989. Desde então, as equipas do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte já colheram mais de três mil órgãos.

Um processo complexo, que depende de múltiplos serviços e equipas multidisciplinares, como sublinha Idália Costa: “desde a referenciação, estudo e manutenção de dadores (Unidades de Cuidados Intensivos, Serviço de Urgência Central, Equipa de ECMO, Unidades de Internamento, Imagiologia, Patologia Clínica, Anatomia Patológica, Doppler Transcraniano); passando pela atividade de Colheita e Transplantação (Bloco Operatório, Equipas cirúrgicas de colheita/transplante, Anestesia, Oftalmologia); pelo transporte das Equipas de Colheita e distribuição dos Órgãos/Tecidos (UTD, GNR, INEM, Força Aérea); pelo acompanhamento dos recetores (Unidades de Transplantação, Nefrologia de Adultos e Pediátrica, Oftalmologia, Consulta externa) e por todo o suporte Técnico, Logístico e Farmacêutico necessário”.

O Gabinete Coordenador de Colheita e Transplantação do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte é um dos cinco gabinetes nacionais nesta área, coordenando 15 hospitais na sua rede de referência, alguns deles integrados em centros hospitalares, como o Lisboa Ocidental ou o Médio Tejo. Um profundo reconhecimento a todos os dadores e famílias, múltiplas equipas e hospitais envolvidos neste processo que permite transformar a vida dos doentes.