Imprimir esta página

Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental

Informação geral

Direção

Diretor do Serviço: Prof. Luís Câmara Pestana

Enfermeiros Chefe:
Enfª Palmira Maria Marques Coito Cordeiro (Piso 3)
Enfª Ana Maria Rodrigues Ferreira Simões (Piso 4)
Enfª Maria Manuela Narciso Cordeiro (Consulta)

Responsável pela Consulta Geral de Psiquiatria
Prof. Marco Paulino

Responsável pelas Unidades de Estabilização de Doentes Agudos
Dr. António Neves e Dr. Arlindo Ralas

Responsável pela Urgência de Psiquiátrica
Prof. Carlos Góis

Responsável pelo Hospital de Dia Programa A
Dra. Paula Godinho

Responsável pelo Hospital de Dia Programa B
Prof. Carlos Góis

Responsável pela Unidade de Projeto
Prof. Marco Paulino

Responsável pela Unidade de Adolescentes
Dra. Nazaré Santos

Responsável pela área de Psiquiatria Comunitária
Prof. Marco Paulino

Responsável pela área de Adolescência
Dra. Nazaré Santos

Responsável pela área de Doenças do Comportamento Alimentar
Dr. António Neves

Responsável pela área de Gerontopsiquiatria
Prof. Luís Câmara Pestana

Responsável pela área de Etilorisco
Dra. Fátima Ismail

Responsável pela área de Psiquiatria Forense
Dr. Arlindo Ralas

Responsável pela área de Psiquiatria de Ligação
Prof António Barbosa

Responsável pela área de Sexologia
Prof. Rui Vieira

Responsável pela área de Toxicodependências
Prof. Nuno Félix da Costa

Responsável pelo Internato de Psiquiatria
Dr. Paulo Martins

 

Administrador Hospitalar 
Dra. Maria Isabel Guerreiro

 

Contactos

Telefones Gerais

Sala de Trabalho de Enfermagem (Piso 3) 55173
Sala de Trabalho de Enfermagem (Piso 4) 55488
Hospital de Dia (Piso 3) 51390

 

 

Localização

Piso 1
Consulta Externa de Psiquiatria
Unidade de Adolescentes
Unidade de Projeto

Piso 3
Hospital de Dia (Programa A e B)

Pisos 3 e 4
Internamento
Acesso pelos elevadores 1 e 2

 

 

 

Área Geodemográfica de Intervenção

Freguesias de: 
Alvalade
Avenidas Novas
Benfica
Campolide
Carnide
Lumiar
S. Domingos de Benfica
Santa Clara
Centro Hospitalar do Oeste
Alcobaça (Alfeizerão; Benedita; S. Martinho do Porto)
Bombarral
Caldas da Rainha
Óbidos
Peniche

 

 

Recursos Humanos

Categoria Número
Assistentes Hospitalares Sénior de Psiquiatria 3
Assistentes Hospitalares Graduados de Psiquiatria 16
Assistentes Hospitalares Graduados de Psiquiatria da Infância e Adolescência 1
Assistentes Hospitalares 12
Internos de Psiquiatria 25
Enfermeiros 43
Psicólogos 24
Terapêutas de Referência 2
Terapêutas Ocupacionais 2
Serviço Social 3
Assistentes Técnicas 7
Assistentes Operacionais 22

 

História

Em 1955, iniciam-se atividades clínicas de Psiquiatria no Hospital de Santa Maria sob a direção do Prof. Henriques Barahona Fernandes. Durante 2 anos, uma equipa trabalha na Consulta Externa e dá apoio aos restantes serviços do Hospital.

Em 1957, abre o Hospital de Dia (atual Hospital de Dia Programa A). No início dos anos 60, é criado o Laboratório de Psicologia, pioneiro na aplicação das técnicas de avaliação psicológica aos doentes psiquiátricos.

No final dos anos 60, abre um regime de plena hospitalização para tratamento de casos psiquiátricos agudos, inicialmente apenas num piso (Piso 3) e, 4 anos depois, alargando-se para o piso de cima (Piso 4). Trabalham nestes 2 pisos 4 equipas multidisciplinares, sob a responsabilidade de um assistente hospitalar graduado.

O Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental é o primeiro serviço de Psiquiatria do país inserido num hospital geral. Esta introdução da Psiquiatria nos hospitais gerais e na práxis da Clínica Geral veio ultrapassar o fosso que separava a Psiquiatria da Medicina.

Neste Serviço coexistem diversas correntes ou modelos terapêuticos num pluralismo convergente.

Em 2004, é criado o Departamento de Neurociências no qual está integrado o Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental.

Estrutura do Serviço

Atividade assistencial clínica

 

Ambulatório. Articulação na prestação de cuidados assistenciais de Psiquiatria com todos os Serviços de Ação Médica do CHLN (Psiquiatria de Ligação). Serviço de Urgência do CHLN. Intervenção na Comunidade em equipa multidisciplinar com garantia de Continuidade de Cuidados extra-hospitalares, Reabilitação e Reintegração Psicossocial. Articulação com organizações não-governamentais e com a “Associação dos Familiares e Amigos do Serviço de Psiquiatria do Hospital de Santa Maria” (AFAPSI). Realização de perícias de Psiquiatria Forense.

  1. Unidade de Estabilização de Doentes Agudos (Internamento)

            1.1. Enfermaria Piso 3

            1.2. Enfermaria Piso 4

  1. Unidades de Dia

            2.1. Hospital de Dia Programas A

            2.2. Hospital de Dia Programa B

            2.3. Unidade de Projeto de Reabilitação

            2.4. Unidade de Adolescentes

  1. Consulta Externa

            3.1. Consulta Externa Geral

            3.2. Consulta Externa de Subespecialidades

            3.3. Consultas de Psicoterapia

  1. Serviço de Urgência;
  2. Psiquiatria Comunitária

            5.1. Projeto Terapeutas de Referência

  1. Psiquiatria de Ligação
  2. Psiquiatria Forense
  3. Equipa da adolescência
  4. Núcleos científicos

            9.1. Núcleo de Gerontopsiquiatria

            9.2. Núcleo de Estudo e Tratamento do Etilo-Risco (NETER)

            9.3. Núcleo do Estudo do Suicídio

9.4. Núcleo de Doenças do Comportamento Alimentar (NDCA)

            9.5. Programa de Intervenção nas Fases Iniciais da Psicose (PROFIP)

            9.6. Núcleo de Utilização Problemática da Internet

9.7. Núcleo de Epilepsia Refratária

  1. Unidade de Terapia Electroconvulsiva

 

Atividade Docente

 

Curso de Formação para internos da especialidade com a duração de 5 anos.

 

Colaboração com a FMUL:

a) Ensino Pré-Graduado:

  • 1º ano - Módulo III.I , área disciplina de Introdução à Medicina
  • 2º ano - Psicologia
  • 3º ano - Tronco Comum IV b) Introdução à Saúde Mental
  • 4º ano - Módulo VIII.I Psiquiatria
  • 5º ano - Módulo VIII.II Psiquiatria
  • 6º ano - Estágio de Saúde Mental
  • Disciplinas optativas: Drogas e Toxicodependência, Ciências da Consciência, Luto em Medicina, Psicologia da Saúde, Psicossomática, Cuidados Paliativos, Ética Relacional, Antropologia Médica

 

b) Ensino Pós-Graduado:

  • Mestrado em Psicopatologia
  • Mestrado em Doenças Metabólicas e Comportamento Alimentar
  • Mestrado em Nutrição Clínica
  • Mestrado em Epidemiologia
  • Mestrado em Neurociências 

 

Atividade de investigação

 

Projetos intrainstitucionais: Integração no CAML (Centro Académico de Medicina de Lisboa) com projetos com os departamentos do Instituto de Medicina Molecular e da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Projetos com instituições internacionais. Publicações em revistas nacionais e internacionais indexadas. Teses de mestrado, de mestrado integrado e de doutoramento.

 

1. Unidade de Estabilização de Doentes Agudos (Internamento)

Objetivo:

a) Diagnóstico e tratamento de doentes psiquiátricos em fase aguda e subaguda;
b) Formação médica;
c) Investigação clínica.

 

Funcionamento:

- 43 camas - distribuídas por dois pisos (3 e 4)
- Quatro equipas incluindo uma específica de Doenças do Comportamento Alimentar sem área geodemográfica

 

Contactos:

Piso 3 4
Equipa 3B 4A 4B CA
Externo 21 780 50 29 21 780 51 82
FAX 21 780 55 29 21 780 56 59

 

 

1.1. Unidade de Estabilização de Doentes Agudos Piso 3 (equipa de enfermagem)

Coordenador do piso: Dr. Arlindo Ralas
Enfermeira Chefe: Palmira Carvalho

 

Objetivos (baseados nos refletores da qualidade do exercício profissional):

  • Satisfação e Qualidade do Doente/Família,
  • Promoção da saúde;
  • Prevenção de complicações;
  • O bem-estar e o auto-cuidado;
  • A readaptação funcional;
  • A organização dos cuidados de Enfermagem.
  • Qualidade na prestação de cuidados de enfermagem;
  • Qualidade na utilização e manutenção de recursos materiais e equipamentos;
  • Desenvolvimento pessoal e contínuo

 

1.2. Unidade de Estabilização de Doentes Agudos Piso 4 (equipa de enfermagem)

Coordenador do piso: Dr. António Neves
Enfermeira Chefe: Ana Simões

 

Duas Equipas de internamento de Psiquiatria Geral;

Equipa 4A – Dr. João Miguel Pereira

Equipa 4B – Dra. Manuela Abreu

Uma Equipa de internamento de Doenças do Comportamento Alimentar;

Dr. António Neves

 

Objetivos (baseados nos refletores da qualidade do exercício profissional):

  • Prestar cuidados de enfermagem especializados a doentes e famílias do foro psiquiátrico, num ambiente humanizado e humanizante, em situações de crise, com a especificidade para os primeiros episódios psicóticos e perturbações do comportamento alimentar.
  • Assegurar a continuidade dos cuidados de enfermagem psiquiátrica através da articulação com outras entidades prestadoras de cuidados de saúde.
  • Promover a utilização de técnicas biológicas e psicológicas, destacando a intervenção precoce, redução das taxas de recaída e inserção social, intervenção terapêutica e ensino a todos os níveis da Psiquiatria e Saúde Mental.

 

2. Unidades de Dia

Objetivo:

  1. Atividade assistencial clínica, formativa e de investigação em hospitalização a tempo parcial;
  2. Desenvolvimento de intervenções terapêuticas específicas e adaptadas;
  3. Promoção da autonomia e da integração familiar, social e laboral.
  4. Tratamento de doentes psiquiátricos em fase subaguda e crónica;

 

Funcionamento:

2ª Feira a 6ª Feira, das 9:00 às 16:00

 

Constituição:

2.1. Hospital de Dia Programa A

2.2. Hospital de Dia Programa B

2.3. Unidade de Projeto de Reabilitação

2.4. Unidade de Adolescentes

 

 

2.1 Hospital de Dia Programa A

Modelo:

  • Programa integrado de tratamento psiquiátrico e psicoterapêutico desenvolvido por equipa multidisciplinar;
  • Modelo de Comunidade terapêutica de estrutura multifamiliar.

 

Coordenadora: Dra. Paula Godinho

 

Com início em 1957, o Hospital de Dia de foi a primeira unidade de internamento do Serviço de Psiquiatria deste Hospital, desenvolvendo desde 1977 um modelo de intervenção progressivamente adaptado às necessidades dos doentes e famílias.

 

Objetivos:

  1. Assistenciais
    • Promoção da adesão ao tratamento
    • Promoção da participação ativa da família no processo terapêutico
    • Redução/remissão da sintomatologia, recaídas e reinternamentos
    • Desenvolvimento de recursos intrapsíquicos e relacionais
    • Manutenção e desenvolvimentos dos ganhos em saúde
    • Desenvolvimento de projeto individual de vida ativa/académico/profissional
  2. Formativos
    • Formação pré e pós graduada;
  3. Investigação clinica

 

Funcionamento:

2ª Feira a 6ª Feira, das 9:00 às 16:00

 

Atividades:

  • Entrevista de triagem
  • Consulta de Psiquiatria
  • Tratamentos de enfermagem
  • Terapia Ocupacional
  • Psicoterapia individual
  • Psicoterapia de grupo
  • Psicoterapia de grupo multifamiliar
  • Outras actividades expressivas

 

Contactos:

Externo: 21 7805000
Interno: 51390 

 

 

2.2. Hospital de Dia Programa B

Modelo:

Integrativo, psicofarmacológico e psicológico, baseado no modelo cognitivo-comportamental das psicoses e no modelo da emotividade expressa na família

 

Coordenador: Prof. Carlos Góis

 

Objetivo:

Intervir em doentes com doença mental grave resistente a múltiplas intervenções ou em estado subclínico pós-internamento com risco de recaída, através de:

  1. Redução de sintomas psicóticos
  2. Melhoria da consciência da doença
  3. Adesão à terapêutica farmacológica
  4. Envolvimento da família
  5. Redução dos reinternamentos

 

Funcionamento:

2ª Feira a 6ª Feira, das 9:00 às 16:00

 

Contactos:

Externo: 217805173 

 

Atividades:

  1. Abordagem psicofarmacológica e psicoterapêutica individual
  2. Abordagem familiar e psicoeducativa;
  3. Treino de atividades de vida diária e competências sociais;
  4. Técnicas expressivas
  5. Técnicas de relaxamento

 

2.3. Unidade de Projeto de Reabilitação

Modelo:

  • Reabilitação
  • Potenciação dos pontos fortes

 

Coordenador: Prof. Marco Paulino

 

Objetivo:

  • Interface entre o internamento completo e o ambulatório na comunidade para doentes com patologia mental grave e/ou incapacidade psicossocial marcada;
  • Cuidados psiquiátricos de reabilitação, polivalentes, intensivos e programados de modo individualizado baseados em projetos concretos
  • Formalização do projeto individual de reabilitação

 

Funcionamento: 

2ª Feira a 6ª Feira, das 9:00 às 16:00

 

Contactos:

Interno: 51179

 

Atividades

  1. Atividades de capacitação
  2. Atividades de socialização/ocupação
  3. Atividades relacionadas com os projetos individuais
  4. Outras atividades

 

2.4. Unidade de Adolescentes

Modelo: Intervenção sistémica e psicodinâmica

 

Coordenadora: Dra. Nazaré Santos

 

A Unidade de Dia, iniciou as suas atividades em 2009 e foi a primeira no distrito de Lisboa integrada num Serviço de Psiquiatria de um Hospital Central.

 

Objetivo:

  • Tratamento intensivo e integrado num meio terapêutico específico, de adolescentes dos 15 aos 21 anos, mantendo os jovens na família e na comunidade;
  • Intervenção na Comunidade;
  • Articulação com Serviços Hospitalares de Adolescência;
  • Formação pré e pós graduada;
  • Investigação.

 

Funcionamento:

2ª Feira a 6ª Feira, das 9:00 às 16:00

 

Contactos:

Interno: 95464

email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Atividades

  1. Admissão com ficha de referenciação
  2. Triagem com entrevista motivacional e reunião familiar
  3. Grupos terapêuticos
  4. Grupo de pais
  5. Consulta individual
  6. Terapias familiares
  7. Terapias expressivas: sociodrama, expressão plástica, musical, corporal, gráfica e videográfica
  8. Atividades desportivas

 

3. Consulta Externa

Coordenador: Prof. Marco Paulino

 

Objetivo:

Acompanhamento de doentes psiquiátricos em ambulatório

 

Funcionamento:

2ª Feira a 6ª Feira, das 8:00 às 20:00

Hospital de Santa Maria e Hospital Pulido Valente

 

Constituição:

3.1. Consulta externa geral

3.2. Consulta externa de subespecialidades

3.3. Consulta de Psicoterapias

 

Contactos:

Externo

21 780 51 43

21 780 51 40

Email

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.



3.1 Consulta Externa Geral

  1. Adolescência
    • Responsável: Dra. Nazaré Santos
  2. Adulto
    • Responsável: Prof. Marco Paulino
  3. Gerontopsiquiatria
    • Responsável: Prof. Luís Câmara Pestana e Prof. Frederico Simões do Couto

 

3.2 Consultas externa de subespecialidades

  1. Comportamento Alimentar (sem área geodemográfica)
    • Responsável: Dr. António Neves
  2. Etilo-Risco
    • Responsável: Dra. Fátima Ismail
  3. Luto
    • Responsável: Prof. Carlos Góis
  4. Primeiro episódio psicótico

 

Responsável: Dr. Pedro Levy

  1. Sexologia
    • Responsável: Prof. Rui Xavier Vieira
  2. Toxicodependência
    • Responsável: Prof. Nuno Félix da Costa
  3. Uso Problemático da Internet
    • Responsável: Prof. Luís Câmara Pestana e Dra. Rita Barandas

 

3.3. Consultas de Psicoterapia

Responsáveis: Dra. Alexandra Fonseca e Dra. Teresa Fialho

 

 4. Serviço de Urgência

Coordenador: Prof. Carlos Góis

 

Objetivo:

  • Diagnóstico e tratamento de doentes psiquiátricos em fase aguda
  • Intervenção em situação de crise
  • Apoio aos doentes internados que necessitem de uma intervenção psiquiátrica urgente no Serviço de Psiquiatria e em todos os restantes serviços do Hospital
  • Formação de médicos internos de Psiquiatria, internos do Ano Comum e alunos da Faculdade de Medicina de Lisboa

 

Funcionamento:

Área geodemográfica do Centro Hospitalar Lisboa Norte: 8-20h de segunda a domingo;

Urgência Metropolitana de Lisboa (áreas geodemográfica do Centro Hospitalar Lisboa Norte, Centro Hospitalar Lisboa Oeste, Hospital Amadora Sintra e Hospital Beatriz Ângelo): 20h-8h de segunda a domingo.

 

Contactos:

Interno: 99266

 

5. Psiquiatria Comunitária

Coordenador: Prof. Marco Paulino

 

Objetivo:

  • Interface entre o trabalho intra-hospitalar e a comunidade;
  • Construção de planos de intervenção diagnóstica ou terapêutica, de reabilitação e de reinserção social;
  • Avaliação psiquiátrica no domicílio;
  • Ligação aos Cuidados de Saúde Primários (consultadoria clinica e psicossocial com deslocação de psiquiatras, psicólogos, assistentes sociais e terapeutas de referência às USF do Parque - Alvalade, USF Carnide-Quer e USF Gerações - Benfica, USF das Conchas - Lumiar, e UCSP de Sete-Rios);
  • Ligação à Saúde Pública;
  • Articulação com IPSSs (Instituições Particulares de Solidariedade Social)
  • Apoio técnico ao GAC (Grupo de Ação Comunitária)
  • Formação de médicos internos de Psiquiatria e Medicina Geral e Familiar
  • Projeto Terapêutas de Referência
    • Objetivo:
      • Tratamento de pessoas com doença mental grave cuja incapacidade lhes reduziu a autonomia para o processo reabilitativo, com ausência de apoios familiares ou sociais e que necessitem de cuidados continuados;
      • Definição de um plano individual de intervenção, elaborado em conjunto com o doente, a família e o psiquiatra assistente;

 

6. Psiquiatria de Ligação

Coordenador: Prof. António Barbosa

 

Objetivo:

  • Atendimento psiquiátrico/psicológico diferenciado e continuado aos doentes internados nos serviços não psiquiátricos do Centro Hospitalar Lisboa Norte numa perspectiva biopsicossocial
  • Integração da Psiquiatria/Psicologia em consultas multidisciplinares
  • Melhoria da qualidade do serviço prestado ao doente no hospital contribuindo para a diminuição da morbilidade, mortalidade, tempos de internamentos e custos hospitalares
  • Intervenção diferenciada junto dos profissionais de saúde do hospital potenciando a capacidade de detecção de problemas psicossociais nos doentes e famílias
  • Formação de médicos internos de Psiquiatria, internos do Ano Comum e alunos da Faculdade de Medicina de Lisboa;
  • Investigação clínica.

 

Funcionamento:

Os pedidos de apoio realizados pelos diferentes serviços do Centro Hospitalar são centralizados na secretária do piso 4 e distribuídos pelos técnicos, cada um responsável por um número definido de serviços

Observação é realizada num período de 24 a 48 horas após a recepção do pedido feito através de um formulário electrónico. 

 

Contactos:

Secretariado: Vanda Carneiro (55182)

 

 

7. Psiquiatria Forense

Coordenador: Dr. Arlindo Ralas

 

Objetivo:

  • A atividade desenvolvida pela Unidade de Psiquiatria Forense consiste na realização de exames periciais, em cujo objetivo se encontra, maioritariamente, a apreciação da capacidade civil (interdição e inabilitação), responsabilidade penal (imputabilidade vs inimputabilidade), regulação do poder parental e avaliação psiquiátrica para determinação de internamento compulsivo tutelar;
  • Nos seus objetivos encontram-se também o esclarecimento de questões de índole jurídica, nomeadamente os preceitos legais que regem a prática médica assistencial e pericial, a atividade de articulação com os tribunais na resolução de questões de natureza administrativa, bem como a formulação de internos de Psiquiatria.

 

Funcionamento:

A atividade pericial é solicitada pela autoridade judicial por intermédio do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, sendo realizada pelos assistentes hospitalares do serviço de Psiquiatria.

 

8. Equipa da adolescência

Coordenadora: Dra. Nazaré Santos

 

Objetivo:

  • Tratamento, estudo e investigação da saúde mental do adolescente e suas famílias através de equipa multidisciplinar que integra o Núcleo de Estudos do Suicídio (NES), a Consulta da Adolescência e a Unidade de Dia da Adolescência;
  • Articulação com Serviços Hospitalares de Adolescência;
  • Articulação com os Cuidados de Saúde Primários e a comunidade no acesso, tratamento e reintegração do jovem;
  • Formação pré e pós graduada

 

População alvo:

  • Jovens dos 15 aos 21 anos da área geodemográfica do Serviço de Psiquiatria e saúde Mental
  • Jovens dos 13 aos 15 anos, com comportamentos suicidários, (sem área geodemográfica definida)
  • Jovens dos 15 aos 18 anos da ACES Oeste Sul

 

Funcionamento:

Consulta de Adolescentes: atendimento de adolescentes entre os 15 e 21 anos com problemáticas na área da saúde mental, através da referenciação pelo médico de família, pelo serviço de urgência, internamento ou outras consultas hospitalares. Desenvolve intervenções de:

  • Consultas de psiquiatria
  • Psicoterapia individual
  • Terapia Familiar
  • Intervenção em Crise
  • Articulação com Unidade de Dia e estruturas da comunidade.
  • Núcleo de Estudos do Suicídio
  • Unidade de Adolescentes

 

Contactos:

Interno: 51175

 

9. Núcleos Científicos

9.1. Núcleo de Gerontopsiquiatria

9.2. Núcleo de Estudo e Tratamento do Etilo-Risco (NETER)

9.3. Núcleo de Estudo do Suicídio (NES)

9.4. Núcleo de Doenças do Comportamento Alimentar (NDCA)

9.5. Programa de Intervenção nas Fases Iniciais da Psicose (PROFIP)

9.6. Núcleo de Utilização Problemática da Internet (NUPI)

9.7. Núcleo de Cirurgia da Epilepsia

 

9.1. Núcleo de Gerontopsiquiatria

Coordenadores: Prof. Luís Câmara Pestana e Prof. Frederico Couto

 

Objetivo:

  • Assistência psiquiátrica e promoção de saúde mental a indivíduos com mais de 75 anos tendo em atenção as especificidades biopsicossociais do envelhecimento
  • Diagnóstico e tratamento de demências e suas complicações
  • Formação de internos de Psiquiatria, Neurologia e Medicina Geral e Familiar
  • Investigação científica

 

Contactos: 55173

 

9.2. Núcleo de Estudo e Tratamento do Etilo-Risco (NETER)

Modelo:

  • Regime preferencialmente de ambulatório dividido em 3 fases:
    • Fase de motivação ou preparação para a desintoxicação;
    • Fase de desabituação do álcool com intervenção farmacológica;
    • Fase de prevenção da recaída

 

Coordenadora: Dra. Fátima Ismail

 

Objetivo:

Tratamento, estudo e investigação da Perturbação de Uso do Álcool

Formação de internos de Psiquiatria, Medicina Geral e Familiar e de estagiários de Psicologia

 

Atividades:

  1. Acolhimento ou primeira consulta
  2. Consultas subsequentes
  3. Desintoxicações em ambulatório (fase aguda do tratamento)
  4. Grupo Psicoterapêutico
  5. Reunião de equipa
  6. Reunião de supervisão
  7. Journal Club
  8. Internamento

 

9.3. Núcleo de Estudo do Suicídio (NES)

Coordenadora: Dra. Nazaré Santos

 

Objetivos:

  • Prevenção e tratamento, formação e investigação dos comportamentos auto lesivos e atos suicidas na adolescência;
  • Avaliação e tratamento do jovem e suas famílias com comportamentos auto lesivos e atos suicidas. numa tripla perspectiva: individual, familiar e social utilizando uma metodologia de intervenção sistémica;
  • Intervenção em crise;
  • Prevenção pela intervenção clinica, formação e intervenção na comunidade;
  • Articulação com Ambulatório, Unidade de Dia, serviços de Urgência.

 

Funcionamento:

Acesso livre sem necessidade de marcação prévia de resposta em tempo útil através de uma, de livre acesso, sem necessidade de marcação prévia.

 

9.4. Núcleo de Doenças do Comportamento Alimentar (NDCA)

Coordenador: Dr. António Neves

 

Modelo: Intervenção sistémica, psicodinâmica e cognitivo-comportamental

 

Objetivo:

  • Tratamento, estudo e investigação das Perturbações do Comportamento Alimentar através de uma equipa multidisciplinar com psiquiatras, psicólogos dietista, internista e enfermagem;
  • Articulação com todas as outras áreas do Hospital, com a Comunidade e com outras Instituições Hospitalares;
  • Formação de internos de Psiquiatria, Psiquiatria da Infância e da Adolescência e Medicina Geral e Familiar e de estagiários de Psicologia.

 

Contactos:

Interno: 51175

 

9.5. Programa de Intervenção nas Fases Iniciais da Psicose (PROFIP)

Coordenador: Dr. Pedro Levy

 

Objetivo:

  • Tratamento, estudo e investigação de doentes (até aos 35 anos) em 1º episódio psicótico
  • Formação de internos de Psiquiatria

 

Funcionamento:

  • Consulta externa
  • Grupos de frequência mensal
    • Doentes em 1º episódio psicótico consumidores de cannabis         
    • Familiares de doentes em 1º episódio psicótico

 

9.6. Núcleo de utilização problemática da internet (NUPI)

 Coordenadores: Prof. Luís Câmara Pestana e Dra. Rita Barandas

 

Objetivo:

  • Atividade assistencial a jovens com mais de 15 anos de idade com utilização patológica de internet e de videojogos;
  • Prevenção e intervenção nas consequências da utilização compulsiva das novas tecnologias (interferência no funcionamento socio-ocupacional, insucesso escolar, disfunção familiar, redução do exercício físico com aumento do IMC, alteração do ritmo circadiano com disfunção do sono);
  • Tratamento de comorbilidade psiquiátrica (Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção, Perturbações da Ansiedade e Perturbações Afetivas, etc.);
  • Investigação no âmbito da Utilização Problemática de Internet, Ciberbullying e utilização compulsiva de videojogos;
  • Promoção de uma utilização otimizada das novas tecnologias e integração das mesmas num estilo de vida saudável;
  • Implementação de novas estratégias no que diz respeito ao acesso dos jovens aos cuidados de saúde mental, i.e. através de plataformas online.

 

Funcionamento:

Quartas-feiras, 11-14h

 

Atividades:

  1. Triagem
  2. Consulta externa
  3. Intervenções familiares
  4. Psicoterapia de grupo

 

Contactos:

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

9.7. Núcleo de Epilepsia Refrátaria

Coordenadores: Prof. Luís Câmara Pestana e Dra. Susana Loureiro

 

Objetivo:

  • Avaliação de candidatos à cirurgia da epilepsia
  • Colaboração com os Serviços de Neurologia e de Neurocirurgia
  • Detecção de comorbilidade psiquiátrica e avaliação da capacidade de assinar o consentimento informado
  • Acompanhamento pós-operatório
  • Acompanhamento de doentes com epilepsia e comorbilidade psiquiátrica

 

10. Unidade de Terapia Electroconvulsiva

Coordenadora: Dra. Susana Loureiro

 

Objetivo:

  • Tratamento com recurso à electroconvulsivoterapia sendo este reservado a doentes em que é necessária uma resposta rápida devido a risco de vida ou quando o uso de fármacos não é uma opção, por estar contraindicado ou se revelar ineficaz;
  • Realização de acordo com os protocolos internacionais e com a colaboração da especialidade de Anestesiologia;
  • Pode ser usado na fase aguda mas também como manutenção;
  • Formação pré e pós-graduada;
  • Investigação.

 

Funcionamento:

De  2ª feira a 6ª feira das 9:00 às 13:00.

Os tratamentos são sempre efetuados na UCPA à 3ª feira e à 5ª feira, entre as 9:00 e as13:00 podendo este período ser alargado para todos os dias da semana em caso de necessidade. A triagem de doentes referenciados a partir da consulta é efectuada à 3ª feira e à 6ª feira às 13:00.